‘Segundo Sol’: começar de novo

Foto de Adriana Esteves, como Laureta
Recomeçar. Reconstruir. Refazer. Ou desfazer, desconstruir, começar de novo. Essas ações poderiam conduzir as vidas de Beto Falcão (Emílio Dantas), Luzia (Giovanna Antonelli) e muitos outros personagens da próxima novela das 9, Segundo Sol. Ambientada na Bahia, entre Salvador e a fictícia Boiporã, a história de João Emanuel Carneiro traz duas fases separadas por 18 anos. E é justamente o tempo que vai dar o pontapé para que os personagens se movam e busquem seus objetivos de forma ativa, sem esperar que o destino decida por eles.
O início: entre 1999, 2000 e 2001, Salvador, fim dos anos 90. O axé embala o Carnaval da Bahia – sempre! Só que quem está em plena decadência é Beto Falcão, que estourou com o sucesso “Axé Pelô”, hit que fez cantar um país inteiro em 94. Agora, o cachê vem devagar. E para pagar parte das dívidas da família, aceita fazer uma pequena apresentação em Aracaju. Numa maré de azar – que salvará sua vida -, Beto perde o voo e a apresentação. O avião que ele pegaria cai, e o cantor é dado como morto.
A comoção é nacional. Do fracasso, Beto Falcão reencontra a fama, mas dessa vez na categoria de mito. Em segredo, vê sua imagem ser ovacionada e os problemas financeiros da família se solucionarem. Convencido pela namorada, Karola (Deborah Secco), e pelo irmão, Remy (Vladimir Brichta), de que se manter “morto” é a melhor opção, ele deixa a cidade.
Já em Boiporã, o protagonista assume nova identidade e se apaixona pelo amor de sua vida: Luzia. A bela marisqueira, que cuida sozinha do casal de filhos pequenos, corresponde aos sentimentos de Miguel – como Beto se apresenta. Mas, com a ajuda de Laureta (Adriana Esteves), Karola vai separar o casal e desestruturar a família de Luzia.
2018
É a chegada de Luzia na Bahia depois de 18 anos que vai provocar encontros e reencontros. A batalha para reunir sua família despedaçada vai também combinar com o fato de nem imaginar que Miguel, o amor que jamais esqueceu, é o famoso Beto Falcão. Ele, por sua vez, sustenta até hoje a farsa de sua morte e anda infeliz com os rumos que a vida tomou. Mas é justamente por saber de seu retorno a Salvador que vai conduzir seu destino.
Para João Emanuel Carneiro, “a grande força desta história são os laços familiares e a segunda chance que todos temos de começar de novo”.
Segundo Sol é a próxima novela das 9, da Globo,m escrita por João Emanuel Carneiro, com direção artística de Dennis Carvalho e direção geral de Maria de Médicis. A estreia está prevista para maio.
Fonte: TV Globo/Segundo Sol

Comentários estão fechados