Lia: As esposas de Jacó

Foto de Lia

Lia, a minissérie, é uma produção bíblica da TV Record, escrita por Paula Richard e dirigida pelo argentino Juan Pablo Pire, que conta a história de Lia (Bruna Pazinato) e Raquel (Graziela Schmitt), esposas de Jacó, interpretado por Felipe Cardoso.

Theo Becker e Susana Alves interpretam o casal Labão e Laila. Pai de Lia e Raquel, Labão é um homem grosseiro e violento. Ele preza mais o dinheiro e inferioriza a figura feminina. Sua esposa Laila é uma mulher rude e sofre com o comportamento violento do marido. Madrasta das filhas de Labão, ela trata Lia como uma serva.

Lia (Bruna Pazinato) é uma jovem forte e de bom coração, que nunca deixou de acreditar no amor apesar dos percalços em sua vida. Após perder a mãe na infância e passar por diversos maus-tratos nas mãos de sua madrasta, a venenosa Laila (Suzana Alves) ela se apaixona por Jacó (Felipe Cardoso), mas ele só tem olhos para sua ardilosa irmã, Raquel (Graziella Schmitt), moça que gosta apenas de seduzir os rapazes e ambiciona riquezas, embora decida aceitar suas investidas apenas para fazer Lia sofrer. Jacó faz um acordo com o pai das moças, Labão (Theo Becker), para trabalhar sete anos em troca da mão de Raquel, mas no dia do casamento – coberta com um véu – quem é lhe dada em matrimônio pelo patriarca é Lia. Após descobrir a troca no dia seguinte, Jacó questiona Labão, que afirma que a tradição da família é que a filha mais velha se case primeiro, mas que ele também poderia desposar Raquel em troca de mais sete anos de trabalhos, o que o rapaz aceita, obcecado pela sensualidade desta.

Casadas com o mesmo homem, as irmãs disputam a atenção de Jacó, que atende todas as vontades luxuosas de Raquel em troca de migalhas do seu amor, enquanto humilha Lia, tendo ainda que lidar com o fato de Jacó se envolver com as duas serviçais da casa, Zilpa (Thaís Müller) e Bila (Caca Ottoni). Apesar de todo desprezo, Lia dá a Jacó sete filhos: Rubem (Leandro Lima), Simeão (Brenno Leone), Levi (Maurício Pitanga), Judá (Bru Malucelli), Issacar (Marcus Bessa), Zebulom (Igor Fernandez), além de Diná (Júlia Maggessi) a única mulher da casa e a única a receber afeto do pai, o que causa inveja dos demais irmãos. Enquanto isso Raquel consegue ter apenas José (Bruno Peixoto), tido pelo pai como o único digno de verdadeiro amor, o que gera revolta nos filhos de Lia. Disposta a não deixar a família ruir e provar seu verdadeiro amor, Lia consegue aos poucos mostrar a Jacó que a bondade pode curar cicatrizes e que ela é a mulher certa para ele.

Principais personagens
Lia (Bruna Pazinato)
Lia (Bruna Pazinato)
Filha mais velha de Labão, sobrinha de Rebeca, irmã de Raquel, primeira esposa de Jacó. Mãe de Rúben, Simeão, Levi, Judá, Issacar, Zebulom e Diná. Lia é uma menina tímida, de olhos ternos. Aos oito anos, após a morte de sua mãe no parto de Raquel, ela se vê obrigada a assumir a responsabilidade sobre os cuidados da irmã recém-nascida, tendo que amadurecer abruptamente. Com um pai insensível e uma madrasta nada simpática, ela conta apenas com a amizade da serva Zilpa, também uma menina de oito anos.
Lia não é especialmente bela e sofre com o desdém de seus meios-irmãos e madrasta. Insegura, com baixa autoestima, ela se dedica à arte da culinária e se torna excelente cozinheira. Ao conhecer o recém-chegado Jacó, Lia se apaixona, mas, para sua tristeza, ele prefere sua irmã mais nova: a bela e fútil Raquel.
Por conta de uma armação de seu pai, com o assentimento de sua irmã, Lia é coagida a se casar com Jacó no lugar de Raquel. Ao perceber que foi enganado, Jacó se revolta e passa a desprezar Lia. Ela continua como sua esposa, mas ele também desposa Raquel, por quem é apaixonado. Lia se empenha em ser uma boa esposa, mas, mesmo depois de ter lhe dado vários filhos, segue sendo desprezada por Jacó. Ela sofre com a rejeição e busca desesperadamente o amor do marido, mas, ao perceber que está se desvalorizando, Lia resolve dar uma virada em sua vida.

Raquel (Graziela Schmitt)
Foto de Raquel (Graziela Schmitt)
Filha mais nova de Labão, sobrinha de Rebeca, irmã de Lia, segunda esposa de Jacó. Mãe de José e Benjamin. Raquel é uma moça linda e sabe disso. Confiante, ela usa de seus encantos para conseguir tudo o que quer. Fútil e mimada, não se importa muito com os sentimentos dos outros, nem mesmo com os de sua irmã, Lia, que a criou como filha. Raquel, ao invés de valorizar a dedicação de Lia, se ressente ao ver a irmã sendo menosprezada pelos outros e deseja ser diferente.
Raquel seduz Jacó e deseja se casar com ele, mas, quando seu pai lhe faz uma proposta, sua ambição material fala mais forte e ela aceita fazer a troca na noite de núpcias. Lia leva toda culpa pela armação e Raquel se casa com Jacó na semana seguinte. Nada parece abalar a dedicação e carinho dele para com ela, nem mesmo o fato de Raquel passar anos sem conseguir lhe dar um herdeiro. Apesar de ter o amor de Jacó, Raquel não cessará de disputar a atenção do marido, mal deixando que ele se dedique à sua outra esposa, Lia.
Para Raquel, nada é suficiente, ela quer sempre mais. Depois de muitos anos, Raquel dá a luz a José (que se tornará o “José do Egito”) e a Benjamin.

Jacó (Felipe Cardoso)
Foto de Jacó (Felipe Cardoso)
Jacó é filho de Isaque e Rebeca, irmão gêmeo de Esaú e neto de Abraão. Marido de Lia e de Raquel, pai de doze filhos e uma filha com suas duas esposas e as servas delas. Esaú e Jacó nascem cumprindo a profecia de Deus a Rebeca sobre as duas nações que nasceriam do seu ventre.
Jacó é um homem pacato, sossegado, simples, de temperamento pacífico e muito trabalhador. Quando jovem, ele se aproveita de um momento de fraqueza de seu irmão e compra o direito à progenitura de Esaú. Esaú se desfez de algo valiosíssimo em troca de um prato de lentilhas, demonstrando também que não era digno. Mais tarde, influenciado por sua mãe, Jacó engana o pai e recebe a benção de progenitura. Com medo da fúria de Esaú, Jacó deixa Canaã e parte para a região onde habita seu tio, Labão, a fim de encontrar uma esposa.
Chegando a Harã, ele se apaixona perdidamente por Raquel, mas é enganado e casa-se com Lia. Revoltado, ele despreza Lia, mas cumpre suas obrigações como esposo, casando-se com a amada Raquel em seguida. A culpa pelo que fez ao irmão o perseguirá e atormentará até o dia em que decide reencontrar sua família.
Jacó tem uma longa trajetória até compreender o quanto é cuidado e abençoado por Deus. Durante anos ele será cego em relação à grande mulher que tem ao seu lado, desprezando-a, até que finalmente ele abre os olhos.

Labão (Theo Becker)
Foto de Labão (Theo Becker)
Pai de Lia e Raquel, irmão de Rebeca (mãe de Jacó), marido de Adinah (com quem teve Lia e Raquel) e de Laila (com quem teve Eliabe e Hananias). Um homem grosso, violento, que preza mais o dinheiro e inferioriza a figura feminina.
Para Labão o que importa é o lucro e não se furta a lançar mão de artimanhas desonestas para alcançar seus objetivos. Suas filhas são moedas de troca por um bom dote, apenas isso. Durante anos se aproveitará do trabalho de Jacó, sempre usando de subterfúgios e enganações para manter o genro trabalhando para ele.

Laila (Susana Alves)
Foto de Laila (Susana Alves)
Esposa de Labão. Uma mulher rude, que procura sobreviver da maneira que aprendeu: preocupando-se consigo mesma. Laila sofre com o comportamento violento do marido, mas não o recrimina, já que ele não deixa faltar nada em casa.
Quando Lia fica órfã, ela pouco se importa que a enteada perca a infância cuidando da recém-nascida Raquel, e trata Lia como uma serva. Mãe de Eliabe e Hananias, que se assemelham ao pai em crueldade e desprezo pelas mulheres.

Resumos das novelas

Novelas do Canal Viva

Outros canais

Resumos das Novelas
Diário das Novelas
Fotonovela - Fotos de cenas das novelas
Filmes na TV
Futebol ao vivo na TV
Séries da TV
Novidades na TV
Arquivo de Novelas

Política de Privacidade

Busca no Site